Molduras estilo Shabby Chic

Molduras estilo Shabby Chic para colocar a nossa fotos antigas. Fui ao álbum de familia e tirei estas duas fotos uma de um avô e outra do meu marido em bebé. Agora vou fazer mais algumas para colocar mais umas fotos antigas de familia.



Moldura de madeira com aplicação de gesso. Pintadas com tinta acrilica e acabamento um verniz brilhante.

10 comentários:

☼Carolina Artesanías☼ disse...

que bellos cuadros antiguos! me encantan!
abrazo
c@

Savi disse...

Boa noite Cristina
já tinha saudades dos teus trabalhos....estas molduras ficaram a imitar o antigo e com as fotos a condizer,não faltou nenhum pormenor,és fantástica!!! ficaram lindas. Beijinhos e aproveita o fim de semana para descansar o máximo.
Savi

Ψ ﺴ Ρяϊη¢єىå ﺴ Gµєяяєϊяå ﺴ Ψ disse...

Olá Cris, Boa Noite!
Estas são sem sombra de dúvida molduras belíssimas!
Gosto particularmente porque me fazem recordar a época regency que muito me inspira em alguns dos meus trabalhos.
Fico á espera de mais :)
Votos de um Bom fim-de-semana!
Beijinhos,
Manela

Maria Tavares disse...

Olá Cris
as molduras estão lindíssimas! Gosto muito!

Beijinhos e bom fim de semana
Maria Tavares

AnaIsa disse...

Adorei! Tenho adoração por esta pátina! E como a executas tão bem! Fico à espera das próximas!
Bjinhos
AnaISa

Milai disse...

Olá Cris!
Estas molduras ficaram muito bonitas e prestam-se muito bem para esse efeito.
Beijnhos

Ana disse...

Olá,
ficaram um espectáculo o contraste das cores, faz com que as fotografias fiquem ainda mais bonitas.
Bj e bom fim de semana

Isabel disse...

Oi amiga :)

Estão fantásticas as molduras, gostei muito...e a ideia de ir buscar umas fotos antigas para conjugar foi algo fantástico no acabamento final..parabéns!!!

Bjs e continuação de bom fim de semana

Maria Bettencourt Lemos disse...

Querida Cristina, olá!

Muito Provençais e Lindissimas por sinal!
Um grande abraço para si,
Maria Lemos

Coisas da Sandra disse...

Olá, estas molduras estão um espetáculo, adorei. Aqui está uma ideia genial para as fotos antigas.
Jocas
Sandra Cabaço